Clube de Cinema – Programação completa

Voltado a estudantes do Ensino Médio e Educação de Jovens e Adultos, as sessões do Clube de Cinema investigam a pluralidade da língua portuguesa no cinema documental. Os filmes foram cedidos pelo Canal Futura e as exibições são precedidas pela exibição de curtas-metragens de jovens cineastas. Ao final da exibição acontecem debates sobre o tema do filme mediados pela atriz e diretora Martha Kiss Perrone e convidados.

Martha Kiss Perrone é diretora e atriz. Formada em Artes Visuais, sua pesquisa está entre o teatro e cinema. Dirigiu o espetáculo “Rózà”, a partir das cartas de Rosa Luxemburgo, “Revolta Lilith” e “Quando Quebra Queima” (coletivAocupação).Trabalhou nos filmes “Elena” e “Olmo e a Gaivota”, de Petra Costa, e “Tenho um Vidro Sob minha Pele”, de MoaraPassoni. Dirigiu a performance “Só me convidem para uma revolução onde eu possa dançar ” com alunos secundaristas de luta para a MIT São Paulo.

Senhas distribuídas 30 minutos antes com prioridade para alunos do Ensino Médio e EJA das escolas do bairro.

Local: Estação da Luz – Portão 4 – Praça da Luz, s/n – São Paulo
Toda a programação é gratuita

CONTATO: museudalinguaportuguesa.edu@gmail.com

 

30 de agosto

19h30 – Levante! (Susanna Lira, Barney Lankester-Owen)

Levante! é um documentário que mostra como as novas tecnologias se traduzem nas mais poderosas ferramentas de expansão da comunicação e transformação da realidade social. O filme foi feito de forma colaborativa com Faixa de Gaza, Hong Kong, México e Brasil. Cada história mostra um documento audiovisual de um grupo local que utiliza a tecnologia para se expressar diante dos problemas sociais de seu país. O documentário é realizado pela Modo Operante em parceria com a Embaúba e em coprodução com o Canal Futura.

 

27 de setembro

19h30 – Cinema, Aspirina e Urubus (Marcelo Gomes)

No sertão do Brasil, dois homens muito diferentes se encontram: o alemão Johann, que fugiu da guerra e aceitou um emprego para vender uma droga miraculosa, a aspirina, e o sertanejo Ranulfo, um agricultor expulso de suas terras pela seca. Johann contrata Ranulfo e, num caminhão, os dois percorrem as estradas do interior do país para mostrar um filme sobre o novo remédio. No caminho, eles trocam experiências de vida muito diferentes.

25 de outubro

19h30 – Terra Deu, Terra Come (Rodrigo Siqueira)

Pedro de Alexina, 81, conduz, como mestre de cerimônias, o funeral de João Batista, morto aos 120 anos. A atuação de Pedro e seus familiares frente à câmera nos provoca pela sua dramaturgia espontânea. No filme, não se sabe o que é realidade e o que é representação, o que é verdade e o que é um conto, documentário ou ficção, o que é cinema e o que é vida, o que é africano e o que é mineiro, brasileiro.

 

22 de novembro

19h30 – Vou Rifar o Meu Coração (Ana Rieper)

Uma viagem ao imaginário romântico, erótico e afetivo brasileiro a partir da obra dos principais nomes da música popular romântica, também conhecida como brega. No filme, os temas das canções se relacionam com as histórias da vida amorosa de pessoas comuns. Com depoimentos de Agnaldo Timóteo, Wando, Amado Batista, Lindomar Castilho, Nelson Ned, Walter de Afogados e Rodrigo Mell.

 

 
O conteúdo do nosso site pode ser acessível em Libras usando o VLibras