Exposição itinerante do Museu da Língua Portuguesa chega a Lisboa

Depois de passar por Angola, Cabo Verde e Moçambique, mostra “A Língua Portuguesa em Nós” estará no Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia a partir de 6 de outubro

O Museu da Língua Portuguesa, atualmente em reconstrução em São Paulo (Brasil), vai inaugurar no dia 06 de outubro uma nova etapa da exposição itinerante “A Língua Portuguesa em Nós”, que já passou por Angola, Cabo Verde e Moçambique desde maio de 2018. A próxima etapa da mostra terá como sede o MAAT (Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia), no edifício da Central Tejo, em Lisboa (Portugal).

A exposição “A Língua Portuguesa em Nós” carrega parte do acervo do Museu da Língua Portuguesa, propondo diálogos e trocas com falantes do idioma pelo mundo. Em 2018, o material também foi montado no Brasil, na 16ª edição da Flip (Festa Literária Internacional de Paraty).

Com consultoria de conteúdo do compositor, escritor e professor de literatura José Miguel Wisnik, e da socióloga e cineasta Isa Grinspum Ferraz, o conteúdo da exposição faz um passeio pela presença da língua portuguesa no mundo – atualmente cerca de 260 milhões de pessoas falam português nos cinco continentes –, e aborda aspectos como o contato com outros idiomas e a importância do idioma na formação cultural brasileira.

“A chegada dessa exposição a Portugal – após percorrer Brasil, Moçambique, Cabo Verde e Angola – tem um forte simbolismo para nós, constituindo uma celebração dos laços do idioma que une todos os países lusófonos. A EDP, uma multinacional portuguesa presente em 16 países, orgulha-se de promover a valorização do nosso patrimônio linguístico, e foi nesse contexto que assumiu o compromisso de ser a principal patrocinadora da recuperação do Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo”, afirma Miguel Setas, presidente da EDP no Brasil.

“Nesta exposição, abordamos os ‘nós’ da nossa língua: os laços, os embaraços e os núcleos sempre móveis pelos quais uma língua permeia diferentes culturas e, de uma forma mais ampla, a vida humana. E neste momento, em que o Museu da Língua Portuguesa está em reconstrução, essa aproximação com os nós da língua portuguesa no mundo, incorporando a ele outros elos que ainda lhe faltam, ganha uma dimensão ainda mais ampla”, diz o presidente da Fundação Roberto Marinho, José Roberto Marinho.

“A língua portuguesa é um patrimônio global e em constante transformação. A iniciativa de levar uma exposição do Museu da Língua para outros países reforça a importância dessa instituição, que permanece viva e promovendo atividades de qualidade mesmo durante a reconstrução de sua sede em São Paulo”, afirma Romildo Campello, secretário da Cultura do Estado de São Paulo.

“A Língua Portuguesa em Nós” em Lisboa é uma iniciativa do Itamaraty, em parceria com a Fundação Roberto Marinho e o Museu da Língua Portuguesa, com organização da EDP, da Fundação EDP e apoio do Ministério da Cultura Portuguesa, do Instituto Internacional da Língua Portuguesa, do Instituto Camões, da Embaixada do Brasil em Lisboa e da CPLP.