Poesia Agora

"Poesia é voar fora da asa. "

(Manoel de Barros)

Com curadoria de Lucas Viriato, Poesia Agora foi uma exposição que reuniu a obra de diversos poetas para mostrar um panorama do que estava sendo produzido no universo poético nacional no momento.

A mostra foi baseada no universo editorial do jornal Plástico Bolha, publicação realizada com a colaboração de poetas de todo o Brasil. Em uma das salas, livros em branco com apenas uma palavra nas lombadas e um texto de apresentação, convidavam os visitantes a criarem e registrarem ali seus próprios poemas. Outros desafios espalhados pelo espaço expositivo, provocavam o olhar para a criação poética fora dos livros, como a poesia urbana encontrada nas ruas e muros da cidades. Entre grafites e fotografias, era possível refletir sobre as múltiplas formas de enxergar a poesia que existe no cotidiano.

Nos saraus realizados aos finais de semana, na sala principal, artistas convidados e visitantes transformavam o museu em uma experiência poética.

Curiosidades

Havia 150 livros em branco na exposição para serem preenchidos com poemas dos visitantes.
Foram reunidos trabalhos de 500 artistas.
Semanalmente poemas que os visitantes depositavam em urnas, foram sendo incorporados à exposição, por meio de uma seleção feita pelo curador.