Programa Educativo Escola, Museu e Território

Enquanto as obras de reconstrução do Museu da Língua Portuguesa entravam em sua fase final, o programa educativo “Escola, Museu e Território” ocupou a Estação da Luz ao longo do segundo semestre de 2019, com um conjunto de ações que propunham reconstruir os diálogos com a vizinhança.

Período – 30/8/2019 a 30/11/2019

As atividades foram pensadas  a partir do mapeamento de uma rede de 23 instituições de educação e 25 de cultura da região do Bom Retiro e Luz, além de parcerias com a Administração Pública.

Mais de 4,7 mil pessoas foram atendidas durante o programa, que aconteceu quinzenalmente às sextas-feiras, e uma vez por mês aos sábados. Entre 30 de agosto e 30 de novembro, a programação investigou os papéis e influências da escola dentro do território e buscou  outras formas de atuação do museu na promoção de acesso à cultura. Entre as ações, a Mostra Imaginação (para estudantes entre 4 e 7 anos), Mostra Eu, o outro e nós (8 a 10 anos) e a Mostra Comunicação (11 a 14 anos) apresentaram atividades para incentivar o processo de alfabetização, refletir sobre identidade a partir das relações sociais, históricas e culturais do bairro e valorizar a percepção da língua como possibilidade de expressão sobre o mundo

A visita encenada às obras de reconstrução, um Clube de Leitura e um Clube de Cinema contemplando também os usuários da Estação e a população em geral.  O programa contou ainda com formação para professores abordando temas como território educativo e cultural e esse processo de troca com os educadores resultará no primeiro material educativo do museu para sua reabertura.

O programa educativo “Escola, Museu e Território” estabeleceu as bases para um relacionamento duradouro e contínuo do Museu da Língua Portuguesa com a sua vizinhança a partir de sua reabertura, em junho de 2020.

O Programa Educativo – Escola, Museu e Território é uma iniciativa do Fundação Roberto Marinho em parceria com o Governo do Estado de São Paulo e tem como patrocinadores a EDP e o Grupo Globo, com apoio da CPTM, do Itaú Social e do Governo Federal por meio da lei federal de incentivo à cultura.

 
O conteúdo do nosso site pode ser acessível em Libras usando o VLibras